segunda-feira, maio 01, 2006

MAR DE MAIO


ISABEL MAGALHÃES
Mar de Maio, 2004, acrílico sobre tela
(Col. Particular)

43 comentários:

  1. e aqui mergulho. "afundadamente"


    para te encontrar. ainda com os dedos de maio.


    bjos.

    ResponderEliminar
  2. São lindos esses tons! Também adoro o azul turquesa. Esse é mais Agosto não é?

    Bjs :)

    ResponderEliminar
  3. Olá Isabel; :)

    Aqui na linha já se pode mergulhar em segurança desde o passado dia 1.



    Uma boa medida da CMO... digo eu! :)

    bjs.

    ResponderEliminar
  4. Olá Isa,

    Acho que o 'turquesa' é mais Caraíbas! :)


    mas os 'leões' pensam sempre 'grande'... não é! :)


    bjs.

    ResponderEliminar
  5. por momentos fiquei baralhada entre leões e águias....:)

    pois...quem pode, pode :pp

    bjs

    ResponderEliminar
  6. Isa;

    pois... :)))


    não era futebol... era mais astrologia, mas já agora sou mesmo do Sporting! :)))

    bjoka.

    ResponderEliminar
  7. vou sem mais nem menos num dia de verão a 125 azul....
    com esperança!
    bjs.
    xxx

    ResponderEliminar
  8. Mares que cantam
    o azul de Maio.


    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  9. Lagartinha, encontrei um mar de Agosto lindo! Só estou à espera de um texto para condizer...

    Bjinhos

    ResponderEliminar
  10. Ana,

    acompanhei o crescimento dos meus filhos ao som da "125 Azul"...! :)

    ResponderEliminar
  11. Olá Maria do Céu,

    Este ano o mar de Maio está tão convidativo...

    passo na marginal e sinto o impulso de 'encostar' e dar um mergulho...

    e depois o azul é de todos os meses mesmo quando fica acinzentado! :)))


    bj.

    ResponderEliminar
  12. Isa,

    A 'lagartinha' fica à espera de ver/ler. :)

    bj.


    nota de rodaé - 'sofreste' muito no domingo passado? :)

    ResponderEliminar
  13. roí-me toda :p :))

    ok parabéns parabéns...levem a taça!!

    ResponderEliminar
  14. Lá venho eu outra vez...desta vez para um desafio que deixei lá no blog.

    Bjs

    ResponderEliminar
  15. Concluo que devo vir aqui com mais regularidade; os quadros são lindos!
    Parabéns
    Beijos

    ResponderEliminar
  16. Olá Isa,

    Obrigada pelo desafio...


    valeu a viagem! :)))

    bjs.

    ResponderEliminar
  17. Olá Pitucha,

    "La porte est grande ouverte"... volta sempre!

    Eu, confesso, ía já a Bruxelas... tenho saudades da arquitectura, dos amigos e da gastronomia. :)

    bjs.

    ResponderEliminar
  18. Eu é que gostei de passar por aqui. Muito mesmo. Sem intenções de bajulice, gostei mesmo da tua arte. Tocou-me no fundinho. Onde e quando mostras as tuas telas? Sem intenção de privilégios, vai-me dando noticias dos teus projectos publicos, pode ser? ´
    E vou passando pelos teus mares e pelas tuas planicies ...
    Com muito prazer !! E obrigada pela visita. Adoro visitas.
    maria

    ResponderEliminar
  19. Maria,

    Seja bem-vinda... e quando tiver que criticar critique. A crítica é benfazeja... desde que construtiva. :)

    Qto a projectos... este ano ainda vou expor e não deixarei de divulgar aqui e no "à rédea solta"...

    Os amigos, os visitantes e os clientes contam com essa informação. :)

    ResponderEliminar
  20. Laura Lara,

    :))))

    obrigada, obrigada, obrigada!


    bj.

    ResponderEliminar
  21. Pois estarei atenta e de olho à espreita.
    Obrigada
    maria

    ResponderEliminar
  22. uma paisagem muito inspiradora
    bjnhs doces

    ResponderEliminar
  23. Olá Delfim,

    que prazer em lê-lo.

    obrigada pela visita.

    Um *

    ResponderEliminar
  24. ola isabel. agradeço a visita.
    gostei das suas memorias. torrão. há muitos que nao se lembram.

    se gostar de circulos... esteja á vontade... participe.

    (holeart)

    ResponderEliminar
  25. Olá, holeart;

    ... e que não nos falte a memória! :)

    Eu gosto de círculos... a forma mais perfeita das formas...

    o 8, o meu número... dois círculos... o infinito! :)

    [] :)

    ResponderEliminar
  26. Segui-a através do holeart...
    vejam onde vim parar!

    Estou maravilhada com este seu recanto!


    o desejo de que tenha uma boa noite.

    ResponderEliminar
  27. Efemerum;


    seja bem-vinda; sinta-se em casa...


    e volte sempre! :)




    uma boa noite para si também.

    ResponderEliminar
  28. bom dia.....:)


    por aqui.


    beijo______________te.

    ResponderEliminar
  29. Isabelinha....! :)))

    muito bom dia também, apesar de passar das 18h... :)


    o maio continua lindo... fiz agora a marginal... um verdadeiro 'carregar de baterias'... :)

    bom fim de semana. 1 bj.

    ResponderEliminar
  30. e tb aqui um mar de parabéns......







    navega sempre. assim. ao sabor da tua transparência.

    ResponderEliminar
  31. Isabel...

    e como é que se agradece o que me tens dado?

    um bj... grande... para ti!

    nota: amanhã há telas novas aqui. :)

    ResponderEliminar
  32. dá-me gozo ficar a olhar para estas imagens.. cheias de cor...

    ResponderEliminar
  33. Caro Helder;

    acredite que ao pintá-las tb tenho um enorme prazer. :)

    ResponderEliminar
  34. Cara Isabel Magalhães, estava na hora de lhe retribuir a sua visita... o seu blog também há muito tempo que por mim não era visitado: mea culpa, pois trata-se de uma falta grave - a sua pintura diz muito à Alma e aos sentidos - os suaves azuis fazem-nos sonhar com a Beleza (essas paisagens marinhas, olhando para elas, até nos transmitem o cheiro da maresia...); as cores quentes que por vezes usa, como é o caso deste seu quadro ( ou naquele que tem por título “explosão de cor”) , são um apelo à terra, aos valores tradicionais (hoje desvalorizados), um convite ao recolhimento e à reflexão.

    Há que voltar sempre…

    Cordialmente,

    Cabral-Mendes

    ResponderEliminar
  35. Caro Cabral- Mendes; Dr.

    É um prazer recebê-lo aqui e interiorizar as palavras que tece ao meu trabalho.

    muito grata. sinceramente.

    saudações 'azuis'!

    ResponderEliminar
  36. Olá Victor;

    Obrigada!

    passei pelo seu espaço e linkei nos favoritos.

    obrigada pela reflexão.


    um abraço.

    ResponderEliminar
  37. Obviamente que queria ter escrito Pe. Victor.

    As minhas sinceras desculpas pelo lapso.

    ResponderEliminar