segunda-feira, maio 29, 2006

O ACASO DO SOL


ISABEL MAGALHÃES
O Acaso do Sol; 2006; 2 (70 x 70 cm); acrílico s/tela
(Col. Particular)


A autora agradece a JAB a cedência do título

38 comentários:

  1. ai ai ai....o Jab a ceder títulos? e sem me perguntar se podia????


    isabelinha brinco....!!!!


    beijos. para dividir.prontos.


    até ....

    ResponderEliminar
  2. 'bónus'... de cavalheiro a leitora assídua...! :)


    obrigada, Mendes Ferreira, pelo meu quinhão... de beijos! :)

    ResponderEliminar
  3. Olá Isabel, obrigada pela visita. Tenho andado arredia, com a cabeça por outras paragens.
    O "amigo" comum, o JAB foi meu professor há uns anitos atrás, e ultrapassada a relação professor/aluno, ficou agora algum espanto quando o encontrei por aqui, neste tão grande e ao mesmo tempo pequeno mundo. Como gosto muito do que vai escrevendo nos blogs (mais do que gostava do Manual de Direito Processual Penal :-))) de vez em quando vou lá cuscar. Como a apresentação do livro era num espaço que também considero meu, porque pago quota, e porque estava disponível, foi com muito prazer que lá estive a fazer número e a ouvir as estórias que nos contou. Afazeres múltiplos, entre os quais muitos livros para ler, têm-me impedido de iniciar a leitura..mas está aprazada para um tempo futuro e incerto. E continuo a gostar muito das suas artes.
    maria

    ResponderEliminar
  4. Muito bonito.
    Como do costume.
    Parabéns

    ResponderEliminar
  5. Viva, Maria;

    muito grata pela visita e pelo carinho das palavras...

    conforme já tive oportunidade de escrever no seu blogue, teria tido muito prazer em a cumprimentar.

    numa próxima será... :)

    ResponderEliminar
  6. Pitucha;

    merci, infiniment...

    nos dias cinzentos, quando o sol lhe faltar, passe por aqui já que gosta do que pinto e das cores da minha pintura. :)

    ResponderEliminar
  7. Cores quentes para um tempo que está já bem quente por aí! Gosto muito destes teus trabalhos! Beijinhos!

    ResponderEliminar
  8. Lá estão "elas", de novo. Lindas!

    ResponderEliminar
  9. Espero mesmo poder ver com olho missil a sua pintura, da qual, sem nenhuma espécie de sabujice, ligeireza ou conscessão, gosto verdadeiramente.Gosto mesmo muito!
    Aguardo a sério convite para a próxima exposição e terei muito prazer em conhecer quem produz tão inspiradas e coloridas telas. São para mim um deleite. Obrigada e vá presenteando, p.f.
    Boa noite, Isabel

    ResponderEliminar
  10. Viva Francisco;

    hoje o sol emigrou para parte incerta... vamos apelando às cores interiores para enfrentar o cinzento... :)

    Obrigada pela visita.
    Deixo-te um beijo. :)

    ResponderEliminar
  11. Que boa ideia! É lindo. Virei olhar e deleitar-me sempre que possa. Obrigada
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Viva Maria,

    Pois eu também faço gosto em contar com a sua presença...

    Para mim uma exposição é uma festa, em que reuno e revejo amigos e conheço outros que vão acontecendo no maravilhoso caminho da vida. :)

    Grata pelas palavras que sei sinceras.

    Um muito bom dia para si.

    ResponderEliminar
  13. Isa;

    obrigada. sinceramente! :)))

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  14. Viva Laura Lara,

    Obrigada. Venha sempre... dê-me o prazer das suas palavras. :)

    Um beijinho para si.

    ResponderEliminar
  15. A côr está subjacente...lindo
    bjnhs doces

    ResponderEliminar
  16. pois.... hoje dei comigo a ver o seu blog todo. vi os detalhes.

    neste momento eu nao sei a idade da isabel.... nao é importante. comparei e pensei que os meus ultimos trabalhos pintados sao dos anos 80 (expressao gestual caligrafica, preto sobre papel. depois nunca mais pintei. faço outras coisas.
    li as suas multiplas referencias e digo: isabel, porque vi um grande exemplo expressivo no meio de tudo o que exibe....
    ...esta na hora de "matar o pai".
    é agora ou nunca.

    ResponderEliminar
  17. Viva Delfim;

    'o meu mundo é feito de cor'... :)))


    um [].

    ResponderEliminar
  18. Caro holeart;

    question:

    como é que se mata as 'capelinhas'?

    não me parece que seja pessoa que ignore o'panorama'...

    ResponderEliminar
  19. Olá Isabel
    despassarado que sou, só agora vi uma dica sua no meu canto e a propósito dir-lhe-ei que a liberdade de expressão, quando bem usada e num País com alguma formação pode ser uma Arma. Infelizmente neste País vale o vale...bem, quanto ao seu cantinho, direi que é mais uma agradável surpresa. Mais uma mulher das Artes!
    Gostei.
    Tem aqui quadros bem giros, com muita cor. Já agora e falando muito a sério (não compro quadros a metro)mas, ando à procura de um quadro (seja qual for a sua base)que tenha cores bem quentes ou bem fortes mas que tenha +- as medidas 2.00m máximo 2.30m x 0.70 máximo 0.90, motivo em horizontal.
    Destes que aqui exibe se tivesse que escolher, escolheria," O Fogo" "Intelecto vs Emoção" e "As Cores da Terra"...difícil escolha!
    Se souber como aliviar-me desta preocupação, agradeço-lhe.

    Gostei muito desta galeria.

    Um Beijo

    ResponderEliminar
  20. Olá António;

    Começo por agradecer as suas palavras...

    Qto à tela que procura e numa relação dimensão/escolha, das 3 que cita só a denominada 'Intelecto vs Emoção' tem esse formato, embora menor.

    Numa nova abordagem - na horizontal - creio que 'As Cores da Terra' poderiam produzir bom resultado.

    'O Fogo' precisa do formato vertical... é essa a orientação do tema... o fogo que se evola para o espaço... e na horizontal ficaria fora da perspectiva.

    De notar que essas telas 'Os Elementos' constituem um tríptico de 100 x 180 cm.

    Vou ver se tem contacto no seu blogue para lhe escrever.

    Um [] alfacinha. :)

    ResponderEliminar
  21. Caro António Stein;

    não encontrei o seu contacto...
    aguardo que me contacte a mim... :)

    isabelmagalhaes@netcabo.pt

    ResponderEliminar
  22. Caro António;

    recebi... e vou responder.

    Um [].

    ResponderEliminar
  23. holeart;

    eu tb conheço a gíria a que alude e aproveitei o verbo para focar algo que tem tudo a ver com o que cita; sempre os mesmos... como sabe.

    das telas que menciona tenho a dizer o seguinte:

    nat viva - pintei 2, fiquei com uma. vive cá em casa.

    vibrato - muito apreciada pelo escalão etário baixo, o que não tem - ainda - poder de compra. vive cá em casa.

    explosão de cor (I,II,e III) - um sucesso. seguiram caminho.

    é a opinião do público que comanda a 'tal' síntese...

    curiosamente não me choca a denominação mercadoria. tem preço é uma mercadoria, 'let alone' o facto de ser uma obra de arte ou um trabalho de arte.

    obrigada pelo tempo que dedicou ao meu trabalho e pelas linhas que me enviou.

    ResponderEliminar
  24. isabel...

    nao haverá alguma diferença entre arte e cultura?

    entre fruto de expressao e objecto de culto?

    desculpe só cá vir de vez enquando. como nao visita os meus lugares... só me lembro quando me lembro

    fique bem

    ResponderEliminar
  25. obrigado por partilhares connosco a tua arte...
    hasta siempre

    ResponderEliminar
  26. Moram neste blog pinturas muito interessantes, está-se mesmo a ver que irei pilhar uma ou outra...!

    ResponderEliminar
  27. holeart,

    está desculpado... :)

    não leve a mal... é a tal falta de tempo.

    obrigada pela visita.

    ResponderEliminar
  28. Caro Nuno,

    obrigada eu pela visita...

    a arte é para ser partilhada, como quase tudo na vida! :)

    O tal []. :)

    ResponderEliminar
  29. Caro pilha-blogues;

    quando pilhar avise para eu ir ver... :)))


    Um abraço.

    ResponderEliminar
  30. nunca pensei...

    mais uma vez desculpe.

    ResponderEliminar
  31. tens piano....mas só hoje....:)


    abraços.....solares!

    ResponderEliminar
  32. Mendes_ Ferreira;

    só hoje?! :)))

    e não posso 'renovar' a assinatura? :)


    bj.

    ResponderEliminar
  33. TU PODES TUDO

    TUDO


    TUDO:




    bom fim de semana............:))))

    ResponderEliminar
  34. Mendes Ferreira;

    je te remercie...


    et je t'embrasse...! :)

    ResponderEliminar
  35. Olá Isabel! como estás? mais uma vez os amarelos....adoro!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  36. Bom dia, Ana!

    sim... muitos amarelos... a cor do verão, a cor do signo de 'caranguejo'... :)

    e o trabalho q se segue tb será nessa cromia.

    um beijinho.


    um ps. Parabéns pelo salto qualitativo do teu blogue - gosteimuito! :)

    ResponderEliminar
  37. Calor, muito quentes.
    A divisão no quadro é imensa, uma cidade ou não.
    As pinceladas firmes e poderosas
    Adoro estes!

    ResponderEliminar