terça-feira, abril 04, 2006

PLANÍCIE I e II



ISABEL MAGALHÃES
2004, acrílico s/tela
(Col. Particular)

43 comentários:

  1. Desliza-se sobre este ouro amarelo que pousa sobre a planicie.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Olá Maria do Céu,

    acredite que o amarelo da tela - amarelo de crómio - é muito mais bonito do que este aqui reproduzido! :)

    Obrigada pela visita.

    Bj.

    ResponderEliminar
  3. Gostei mesmo de muitos Isabel, mas talvez por ser sulista e assim rápidamente fixei: Costa Alentejana. Algarve-Fuzeta, Tarde Solar. Mas parabéns pela forte presença da cor.

    ResponderEliminar
  4. Viva Graza;

    Obrigada pela visita e pelo destaque que deu ao meu outro blog...

    Partilho esta sua selecção e até lhe posso dizer - em tom de confidência - que a 'Costa Alentejana' me deixou saudades... :)

    Um []

    ResponderEliminar
  5. Mais um belo quadro!!Costumas fazer exposições??Onde ??
    Gostaria da tua opinião no meu ultimo post, isto se viste algum dos dois filmes que lá falo!!espero que tenhas mais abertura social que os trogloditas dos machos que por lá param!!

    ResponderEliminar
  6. Olá miss;

    obgda.

    a resposta está em

    My web page... no 'profile'. :)))

    *

    ResponderEliminar
  7. de novo essas cores...lindas!

    Gostei muito, ou não tivesse eu costela alentejana...

    ResponderEliminar
  8. Olá Isabel. Obrigado pelas visitas e comentários. Passei tudo em revista outra vez. Aqui e no Marialua. Como gosto muito da sua pintura não me posso pôr aqui a dizer que prefiro todos. Há realmente alguns de que gosto mais. Por vezes dos abstractos, outras vezes dos abstracto-figurativos e também dos figurativos. As imagens por vezes não são muito fidedignas. Por exemplo o Geometria Iluminada tem cores bem mais vivas aqui do que no Marialua. O fundo também influi. Comecei a anotar os preferidos mas já ia em 11 achei demais parei. E como é muito tarde e estou a cair de sono falarei deles noutra visita. Bom fim de semana se não nos "vermos" até lá.

    ResponderEliminar
  9. Por uma letra se pode borrar a pintura. Queria dizer "virmos" futuro imperfeito do conjuntivo do verbo ver (pela internet;-) Andam a mudar, não sei para quê, muitas designações na Gramática. Não sei se isto ainda se diz assim.

    ResponderEliminar
  10. Olá R;

    Eu é que agradeço o carinho que tem dado ao meu trabalho. Sabe; nem eu própria gosto de todos, por vezes até hesito no envio de um ou outro para as galerias mas - curiosamente, ou talvez não - são esses que recebem uma maior aceitação do público.

    A foto 'Geometria Iluminada' que está aqui é outra... e foi feita pelos designers gráficos que assinaram os convites da exposição individual 'Da Cor ao Coração'. É uma foto feita sem flash e suponho que a lente seria 1:2

    Quanto ao verbo... eu escrevo com "i". :)

    Bom fim de semana para si também.

    ResponderEliminar
  11. E que duas belas planicies. Dá gosto ver estas telas.

    Obras realmente magnificas.

    ;)

    ResponderEliminar
  12. "Meu trabalho inicial é o medo de cair. Depois se tornou a arte de cair. Como cair sem se machucar. Mais tarde é a arte de se manter no ar."
    Louise Bourgeois

    ResponderEliminar
  13. Olá... Vim aqui dizer-te que levei emprestado um quadro teu, já que resolvi (re)activar o meu Blog do Sapo

    http://eternamentemenina.blogs.sapo.pt/

    Ainda estou numa fase experimental (não consigo tirar o som ao vídeo...) mas é um inicio. Fiquei apaixonada com a tua TARDE SOLAR e resolvi associá-la a um poema que gosto muito.
    Espero que também gostes...

    Um abraço e bom fim de semana (e... obrigada pelo empréstimo...) ;)

    ResponderEliminar
  14. Entre a planície viajei entre os ocres e terracota, esquecendo as cores frias ou quentes da paleta das cores vivas...

    Observei o momento, e tentei pensar o que pensavas quando o pintaste.(?) Gostei!


    Um beijo

    http://ababushka.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  15. estas cores encantam, este amarelo tocou-me e senti-me envolvida nesta planície, onde se sente o calor de uma tarde de sol

    beijinhos para ti, menina

    lena

    ResponderEliminar
  16. The color harmony in all of your work,delivers visual interest and a sense of order. MAGISTERIAL AND SPIRITUAL.
    FANTASTIC!!
    jinhos
    Anabela

    ResponderEliminar
  17. Mais um conjunto excelente.
    Votos de Boa Páscoa.

    ResponderEliminar
  18. É bom saber que ainda há 'ouvintes'... :)))


    Obrigada.
    *

    ResponderEliminar
  19. Viva, o morto! :)))

    És a primeira pessoa da blogoesfera com quem troco palavras sobre essa grande Senhora das Artes Plásticas.

    Tive o privilégio de ver em Lisboa, no Centro Cultural de Belém no fim da década de 90 uma grande exposição da obra da escultora Louise Borgeois.

    As aranhas, e julgo que uma teria mais de 3 metros de altura, são para mim o verdadeiro significado de 'querer é poder' considerando a força física necessária para um trabalho dessa envergadura e a idade avançada da autora que segundo consta executava sózinha todo o trabalho incluindo o de soldadura.

    Um abraço e obrigada pela visita.

    ResponderEliminar
  20. Menina_marota,

    Muito grata pelo apreço que dás ao meu trabalho.

    Leva emprestado o que quiseres... e o prazer será sempre meu ao ver pedaços de trabalho espalhados pelos blogues.

    Já passei no recém activado blogue...

    Voltarei com mais tempo.

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  21. Viva Friedrich,

    É sempre bom quando alguém diz que gosta do nosso trabalho mas ainda mais significativo se esse alguém é também um artista, um criativo, uma pessoa de sensibilidade ligada à Arte.

    O que pensei ao pintar a 'Planície'? Não sei... já não recordo!

    Mas devo ter sentido uma necessidade de calor e isolamento... de espaços amplos! :)

    bj.

    ResponderEliminar
  22. Olá palavras que escrevo;

    acho que descreveste lindamente o que senti no momento de pintar... :)

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  23. Hello, new yorker! :)))

    Fantastic that comment of yours... !

    Thanks a lot.

    Bj, Anabela. :)

    ResponderEliminar
  24. Olá desambientado;

    Obrigada, votos de boa Páscoa para ti também. :)

    ResponderEliminar
  25. os amarelos,os laranjas...de novo!
    tiveste isto diferente ou foi mera impressão minha???
    vi que descobriste o meu antigo blog...:))
    também amei a SUPERNOVA!!!
    bem,amiga, vou trabalhar um bocadito...que génios há poucos!!!
    beijinhos.

    ResponderEliminar
  26. Olá Ana;

    além dos azuis tb gosto das cores quentes... que alegram a alma e a existência... :)

    quanto ao 'template' foi sempre este...

    descobrir 'coisas' é intrínseco... por índole e apelido! :)))

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  27. isabel;



    Obrigada eu, pela visita.
    Volta mais vezes.


    *

    ResponderEliminar
  28. e viva viva a cor viva tu...isto está calmo...:)) ou seja está de "morrer".... beijo-TE. estilista do espaço.

    ResponderEliminar
  29. isabelinha;


    viva TU... também! e obrigada pela tua presença aqui e no rédea.

    bj.

    ResponderEliminar
  30. olà isabel, como estás???? fiz confusão com o outro teu blog...o à rédea solta!
    aliás, esse foi o 1º que conheci, que me lembro bem do sr. doutor clooney....rs.
    beijinhos e uma boa silly season!

    ResponderEliminar
  31. Olá ana;

    estou bem... tive um dia bom!

    Está então esclarecida a confusão dos blogs! :))))

    Beijinhos para ti tb... e a silly season está instalada há muito tempo e parece que veio para ficar. Para nosso descontentamento! :)

    ResponderEliminar
  32. Que cores... que música escondida no silêncio...!!

    Isabel :)*

    ResponderEliminar
  33. Olá Amiga do Teatro;

    Saber escutar o silêncio é um dom...! :)


    bom fim de semana alargado.
    vou dizer à Magda que estiveste aqui! :)

    um beijinho para ti.

    ResponderEliminar
  34. Viva Isabel Magalhães...desta não estava à espera!...Vejo, sem incertas dúvidas... planicies, cobertas de vento quente... gostosos sopros vindos do Oriente.
    Há magia no ar?!...Parabens... e saudações das nossas:)

    ResponderEliminar
  35. Passei por aqui hoje e fiquei encantado com os quadros.
    Parabéns.
    Beijos

    ResponderEliminar
  36. Viva Musqueteira;

    não conhecia este meu blog da pintura?

    as minhas desculpas se por lapso não lhe disse...

    obrigada também pelo comentário... e a magia, pois, de vez em quando acontece. :)

    Um beijinho e as nossas as 'tais'! :)

    ResponderEliminar
  37. Olá Pitucha, olá Bruxelles! :)


    obrigada pelas palavras... acho q este sol faz falta aí! :)

    bj.

    ResponderEliminar
  38. Olá Isabel
    Fui botada num mundo ao contrário no mês das colheitas e das debulhas, debaixo de um céu assim. Vinha rubra, escarlate, a berrar de raiva raivosa, a pele descarnada de tantos meses a sentir no ventre o ressoar de tormentos familiares. Ao fim de umas horas vestiram-me de branco e largaram-me ao calor da seara dourada. Vivi muitos dias a espalhar risos na erva-leiteira e a picar a pele na espiga da vida. Lavei as ramelas na água dos ribeiros e esverdeei os olhos nas folhas dos salgueiros. Voei para lá do horizonte onde vivia um sol sempre brilhante que brincava com a chuva. Foram eles que me ensinaram a trocar as dores pelas cores, a ignorar o vento agreste e a sentir a arte como se ela fosse sempre um maravilhoso arco-celeste.

    Uma boa noite para si.
    :))

    ResponderEliminar
  39. C. Hall;

    ....... que bela narrativa a sua! obrigada por este presente com que me brindou.

    lê-la faz-me vontade de correr para o cavalete e mexer em cores...

    adorei a 'paleta' com que pinta as letras.

    a porta está sempre aberta... :)

    um beijinho.

    ResponderEliminar
  40. Isabel

    fico feliz que tenha gostado do meu texto. De pintar, nada sei, mas quando olho para um quadro, sinto, sinto, sinto e as suas telas dão-me logo vontade de correr para o teclado à procura de palavras que concretizem esses sentires.
    Obrigada por me deixar a porta aberta. Continuarei a espreitar.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  41. Olá C;

    coincidência...

    andava no seu blog! :)

    acho que vamos - mutuamente - aumentar a produção. :))

    Beijinho.

    ResponderEliminar